Qual o melhor banco digital do brasil?

Os bancos digitais estão em alta no Brasil, com uma estimativa de 11 milhões de novas contas no início de 2019. O cálculo é da consultoria Boston Consulting Group que, com base em dados públicos, avalia que são abertas entre 500 mil e 1 milhão de contas mensalmente nessas plataformas. Anunciados como sem agências e filas, opções como Nubank, Banco Inter e Neon prometem resolver quase tudo online, com aplicativos eficientes para Android e iPhone.

Tendo começado como credenciadoras de cartão de crédito, bancos tradicionais ou fintechs — startups voltadas para o mercado financeiro —, essas instituições têm em comum as soluções online e a isenção de algumas taxas, como a de manutenção da conta e tarifas sobre transferências eletrônicas. O separou seis opções de bancos digitais que recebem cada vez mais clientes no Brasil.

Nubank

O Nubank começou como um serviço de cartão de crédito sem anuidade, mas hoje oferece também a NuConta, uma conta digital sem tarifas e que é totalmente gerenciada pelo aplicativo. É possível realizar a abertura online, pelo app do Nubank, disponível para Android e iPhone (iOS). A conta pode ser criada independente do cartão de crédito, e o banco agora oferece a função débito, além de saques na rede Banco24Horas.

A NuConta não tem taxa de manutenção e o valor deixado na conta corrente possui um rendimento automático, além de não cobrar taxas de transferências para outros bancos. Para transferir para a NuConta, é possível tanto fazer um TED quanto gerar um boleto pelo aplicativo. A desvantagem da conta digital é a taxa de R$ 6,50 cobrada por cada saque em Banco24Horas.

 

Banco Inter

O Banco Inter é uma instituição financeira que oferece a abertura de conta digital sem a cobrança de tarifas. A abertura pode ser feita online pelo app do banco, disponível para Android e iPhone (iOS). O Inter não tem tarifas de manutenção ou para transferências e, diferentemente do Nubank, não cobra pelos saques na rede Banco24Horas. A instituição oferece pagamentos por meio de QR Code e é possível gerar boletos e fazer depósitos de cheques por meio de imagem.

Além disso, o Inter oferece serviços de investimento, empréstimo, financiamentos e seguros. A instituição também fornece um cartão de crédito, que tem uma das taxas de juros mais baixas praticadas pelos bancos digitais. A desvantagem é que o dinheiro que fica na conta corrente não rende automaticamente como na NuConta, do Nubank, embora o Inter ofereça opções de investimento para os interessados.

 

Neon

O Neon também é um banco exclusivamente digital e, por isso, a conta deve ser aberta por meio do aplicativo para dispositivos Android e iPhone (iOS). O banco oferece ao usuário um cartão físico e um virtual. No físico, é possível utilizar apenas a função débito. As compras por crédito pré-pago devem ser feitas com o cartão virtual. O cliente também pode pedir um cartão digital que é internacional, não tem anuidade e pode ter a fatura cadastrada em débito automático.

A desvantagem do Neon é que ele cobra, a partir da segunda utilização no mês, por serviços como TED, emissão de boletos e saques na rede Banco24Horas. Porém, o banco tem um programa de fidelidade, chamado Neon+, que pode isentar os clientes de algumas tarifas, a depender de seus gastos no cartão de crédito.

 

Banco Next

O Banco Next é o banco digital do Bradesco, lançado em 2017. A conta, que deve ser aberta pelo app, não tem tarifas de manutenção e disponibiliza um cartão de crédito internacional ao cliente. O banco conta com um recurso chamado “Objetivos”, um tipo de poupança programada que fica rendendo em um fundo de investimentos. Outra funcionalidade é o “Flow”, que separa os gastos do mês por categorias e produz gráficos.

A instituição não tem agência própria, mas é possível ser atendido diretamente no Bradesco, além de sacar dinheiro nos caixas do banco. O serviço também possui uma “vaquinha”, que junta dinheiro de pessoas diferentes para um projeto em comum, e também oferece descontos em serviços parceiros como cinemas e hotéis. A desvantagem do Next é que, no seu plano básico, ele dispõe de apenas uma transferência gratuita para bancos que não sejam o Bradesco.

 

Banco Original

O Banco Original oferece alguns tipos de conta digital — desde a que não tem tarifas de manutenção ou anuidade no cartão de crédito até as com mais recursos, que podem cobrar taxas. Na opção básica, o cliente tem direito a duas transferências para o Banco Original, quatro saques e dois extratos bancários. Nesse plano, os TEDs são pagos à parte.

Um dos maiores diferenciais do Original é seu programa de cashback. O cliente acumula pontos pelas compras realizadas no cartão, que serão convertidos em reais creditados à conta no mês seguinte. O fator de pontuação é mais alto de acordo com o tipo de cartão: Internacional, Gold, Platinum ou Black. O Banco Original também oferece serviços de portabilidade do salário, recarga de celular, depósito de cheque por imagem, gerenciador financeiro e pagamento de boletos.

 

Agibank

O Agibank também tem funcionamento digital e cadastra o celular do cliente como o número da conta, além de oferecer um cartão de débito e crédito internacional. A conta deve ser aberta pelo app, disponível para Android e iPhone (iOS), ou pelo site. O banco possui investimentos em CDB (Certificado de Depósito Bancário), consórcios, seguros e empréstimos. O cliente também pode optar por receber seu salário na conta.

Um diferencial do Agibank é que ele tem 600 pontos de atendimento em diversas cidades. O banco também permite pagamentos e transferências por QR Code, sem tarifas, pelo serviço Agibank Pay. A anuidade é grátis apenas no primeiro ano — depois, é necessário consultar as condições para isenção. Serviços gratuitos, como saques, geração de boletos e transferências, têm números limitados por mês. As retiradas podem ser feitas na rede Banco24Horas ou em casas lotéricas.

Deixe uma resposta